Blog

Exercícios físicos potencializam benefícios do medicamento Losartana 

By 6 de julho de 2022 julho 7th, 2022 No Comments

Um recente estudo, realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), concluiu que a prática de exercícios aeróbicos, aliada ao uso do medicamento Losartana, é capaz de oferecer mais benefícios ao coração de homens.

Veja também: Otimistas vivem mais, aponta estudo 

Os pesquisadores descobriram que homens que combinam exercícios ao Losartana apresentaram variabilidade da frequência cardíaca maior. Pode até parecer complicado, mas a variabilidade da frequência cardíaca nada mais é do que a variação no intervalo de tempo entre os batimentos cardíacos. 

A ação atua como parâmetro de equilíbrio entre o sistema nervoso simpático e o parassimpático. E quando há uma alta variabilidade de frequência cardíaca, significa que o organismo tem melhores habilidades de adaptação; já a baixa variabilidade representa um risco para a saúde. 

Acontece que, por mais que o medicamento Losartana controle a pressão, a variabilidade da frequência cardíaca continua baixa – o que muda ao aliar à prática recorrente de exercícios físicos. 

A pesquisa foi publicada na Clinical and Experimental Hypertension, e contou com 32 homens – entre eles, normotensos, sem nenhum tratamento farmacológico, e hipertensos, com administração do medicamento Losartana. Na rotina dos participantes, foram incluídos exercícios aeróbicos por 16 semanas, três vezes a cada sete dias. 

 

Hipertensão e mudanças de hábitos

Controlar a pressão arterial não é mágica. Digo – e repito – que é impossível tomar o medicamento Losartana ou qualquer outro corretamente sem acompanhamento médico, para conseguir manter a pressão normalizada e sem riscos para o coração.  

Porém, o tratamento da hipertensão pede um conjunto de medidas, que inclui uma mudança de hábitos. É preciso, além de seguir com os medicamentos, comer de forma saudável, se manter no peso e praticar exercícios físicos. 

A hipertensão é uma doença crônica que pode ser controlada, mas é preciso que o paciente esteja comprometido com o seu tratamento!

Ficou com alguma dúvida? Me acompanhe nas redes sociais – publico conteúdos semanalmente sobre hipertensão, doenças renais e recomendações para a qualidade de vida! 

Decio Mion

About Decio Mion