Monthly Archives: janeiro 2016

P-1230

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:Eu tive um quadro de hipertensão na minha ultima gravidez, e depois que meu filho nasceu não normalizou mais. Eu ainda sou jovem tenho 26 anos tomo três captopril por dia, mas a minha pressão é controlada, eu gostaria de saber se daqui dois anos se a pressão começar a subir e mesmo com pouca idade eu posso ter um derrame. E se esse medicamento pode afetar algum orgão, se é eu tenho que trocar o medicamento, ou seria melhor eu passar com um nefrologista. Me ajudem o que eu faço?
Autor:Juliana
Data:3/1/2010 – 15:24


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 9/1/2010 – 13:49
Resposta: Prezada Juliana Quanto menos controlada, ou quanto mais elevada a pressão arterial, maior é o risco de evento cardiovascular como um “derrame” ou acidente vascular cerebral. Portanto é muito importante que você mantenha a pressão arterial bem controlada. O captopril é um anti-hipertensivo que ajuda no controle da pressão arterial. Converse com seu médico para availar se há necessidade de você fazer consulta com nefrologista, dentro de seu contexto clínico. Atenciosamente Katia Coelho Ortega e Giovanio Vieira da Silva Supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.

P-1229

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:Prezado professor Décio, tenho 18 anos e possuo hipertensão arterial. Neste momento estou sob investigação, nao sabendo a causa, mas devido a gravidade, tomo 1mg de coversyl por dia para o controle, apesar de verificar ainda muitas vezes uma tensao alta (por volta dos 16/10) Sinto varias vezes palpitaçoes, que nao foram diagnosticadas em eletrocardiogramas, e nos dias em que sinto-as de maneira mais intensa, verifico grande perda de sangue nas feses. Podera, de alguma maneira, haver alguma relação entre e minha hipertensao e palpitaçoes, com o sangramento? Desde ja agradeço a atenção.
Autor:Daniel
Data:18/12/2009 – 18:39


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 27/12/2009 – 15:51
Resposta: Prezado Daniel Não há sintomas específicos que indiquem que a pressão está muito elevada, por isso ela é chamada de inimiga silenciosa. Portanto há necessidade de você fazer uma consulta médica para avaliação dos sintomas de palpitação e da evacuação com sangue. Atenciosamente Katia Coelho Ortega e Giovanio Vieira da Silva Supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.

P-1228

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:Bom dia. Gostaria de saber se o uso da erva chapéu de couro, na forma de capsulas de folhas secas, tem eficiência no controle da hipertensão essencial. Obrigado.
Autor:Daniel Gaieski
Data:19/12/2009 – 14:38


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 27/12/2009 – 15:57
Resposta: Prezado Daniel Existem alguns estudos em coelhos e ratos nos quais a erva chapéu de couro apresentou ação vasodilatadora e diurética, levando os pesquisadores a pensarem que possa ser útil em hipertensos. Mas, desconhecemos estudos científicos que tenham comprovado sua eficácia e segurança para o uso em pacientes com hipertensão arterial. Atenciosamente Katia Coelho Ortega e Giovanio Vieira da Silva Supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.

P-1227

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:Fiz exame de holter e ecocardiograma e deram normais, porem no exame de sangue deu cpk 623u/l e o creatino fosfoquinase fracao mb deu 11 u/l e troponina <0,01ug/L, o que significam estes resultados, é preocupante? Tenho 18 anos e trabalho com serviços pesados.Obrigado
Autor:Josué
Data:19/12/2009 – 20:21


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 27/12/2009 – 16:7
Resposta: Prezado Josué A creatinoquinase (CK), também conhecida como creatinofosfoquinase (CPK) tem um papel chave no transporte de energia nas células musculares. Encontra-se em altas quantidades nos músculos esqueléticos, no músculo cardíaco e no cérebro. Quantidades mínimas estão presentes no intestino e nos pulmões, porém não se encontra presente no fígado. As concentrações de CK sérica são dependentes da idade, raça, sexo, massa muscular e atividade física. Em geral, homens têm níveis mais elevados que as mulheres e negros têm níveis maiores que os brancos. Elevações transitórias da CK, geralmente menores que 5 vezes o normal são comuns após trauma muscular, injeções intramusculares, eletromiografia de agulha, procedimentos cirúrgicos, ou exercício físico moderado a severo. As elevações da CK são geralmente associadas com miopatias, sendo menos comumente associadas com doenças neurogênicas e eventualmente podem ocorrer em indivíduos assintomáticos. No infarto agudo do miocárdio (IAM), seguindo isquemia miocárdica aguda, a CK sérica total começa a aumentar em 4 a 8 horas, atinge seu pico em 12 a 24 horas e declina aos valores de base em 2 a 3 dias. A elevação da fração MB é altamente sensível (98-99%) e específica (95-97%) para o diagnóstico de infarto agudo do miocárdio. Tanto a sensibilidade como a especificidade são mais altas após 12 a 16 horas do início dos sintomas. Assim, uma CK-MB normal 6 a 10 horas após o início dos sintomas praticamente exclui a possibilidade de IAM. Embora as medidas seriadas da CK total e da CK-MB tenham sido usadas como os principais marcadores para o diagnóstico do IAM, essa prática está mudando para incluir substâncias de liberação mais rápida como a mioglobina e marcadores cardíaco-específicos como a troponina T e a troponina I. Os níveis de mioglobina sérica, os quais não são cardíaco-específicos, atingem o pico sérico muito precocemente (entre 1 a 4 horas) após o infarto do miocárdio. A troponina I e T, as quais regulam o processo de contração mediado pelo cálcio, estão presentes nos músculos cardíaco e esqueléticos, embora elas tenham diferentes seqüências de aminoácidos e sejam codificadas por diferentes genes. As frações cardíacas de troponina, particularmente a troponina I, são altamente específicas e não estão presentes no músculo esquelético. Como as concentrações de troponina I em indivíduos normais é quase zero, sua sensibilidade é maior que da CK-MB, permitindo a detecção de pequenos graus de necrose do miocárdio. Após o IAM, a troponina I começa a aumentar em 3 horas, atinge um pico em 24 horas e persiste elevada por 7 a 10 dias. Portanto, além de ser altamente sensível e especifica, a troponina I também é útil para detectar infarto do miocárdio na fase subaguda. O resultado da sua troponina foi normal, o que em seu caso afasta a possibilidade de infarto agudo do miocárdio. Atenciosamente Katia Coelho Ortega e Giovanio Vieira da Silva Supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.

P-1226

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:Olá, Eu estou procurando tudo o que tiver, sobre endomiocardiofibrose,será que podem me ajudar? obrigado
Autor:igor
Data:21/12/2009 – 23:11


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 27/12/2009 – 16:14
Resposta: Prezado Igor Alguns sites que podem ser de seu interesse: http://www.vademecum.com.br/iatros/endom.htm http://www.medcenter.com/Medscape/content.aspx?LangType=1046&menu_id=367&id=699 http://www.socesp.org.br/revistasocesp/edicoes/volume13/v13_n04_tx14.asp?posicao=resumo&v=&n= http://www.medicinageriatrica.com.br/tag/restricao-diastolica/ Atenciosamente Katia Coelho Ortega e Giovanio Vieira da Silva Supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.

P-1225

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:doutora, tomava atenoll.losartan e ginko, estava sentido muito cansado, com falta de ar e chiado no peito à noite. meu cardiologista, disse que eu estava descompesando, pois tinha acumulado um pouco de liquido no pulmão, mudou a medicação para coversyl plus, natrilix e nebilet, meio…nos primeiros dois meses melhorei muito, porem há duas semanas estou com, ao final da tarde , os pés um pouco inchados e com a respiração lenta, parece que ela não se completa. porem não sinto mais o chiado, nem o cansaço, muito pelo contrario, estou jogando futebol , nadando e andando 40 minutos todos os dias…passei no ultimo dia 22/12 no medico , minha PA estava 13/8 e segundo ele, meu coração estava muito bom…esta respiração e o inchaço no tornozelos são devidos aos remedios??? Ele disse que é normal, pois está muito calor. Ou, meu pulmão ainda´pode estar com o problema??
Autor:valter nunes
Data:23/12/2009 – 9:23


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 27/12/2009 – 16:17
Resposta: Prezado Valter além de você ter apresentado melhora dos seus sintomas, você tem praticado esportes 40 minutos por dia, sem os sintomas anteriores, portanto não parece estar com algum problema no pulmão. Provavelmente, o seu médico está correto quando diz que o inchaço poder ser devido ao calor, pois com o calor ocorre dilatação dos vasos. Atenciosamente Katia Coelho Ortega e Giovanio Vieira da Silva Supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.

P-1224

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:Uso o omeltec 40 + 12 e tenho notado que minha potência sexual caiu um pouco de rendimento, existe alguma ligação? Posso fazer uso de medicamentos para potência sexual?
Autor:PAULO CESAR
Data:23/12/2009 – 11:57


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 27/12/2009 – 16:20
Resposta: Prezado Paulo em uma parcela pequena dos pacientes, as medicações anti-hipertensivas podem causar algum tipo de disfunção erétil, inclusive com o uso do olmetec. No entanto, uma substituição do medicamento só pode ser feita dentro do seu contexto clínico, já que a terapia anti-hipertensiva é individualizada. Converse com o seu médico, tanto sobre um reajuste do medicamento quanto sobre o uso de medicamento para a melhora da função sexual. Atenciosamente Katia Coelho Ortega e Giovanio Vieira da Silva. Supervisão Prof. Dr. Décio Mion Jr.

P-1223

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:Tenho 41 anos e recente descobri que tenho pressao de 16×12 essa pressao pode ser considerada normal e alguns casos?
Autor:Alexandre Oliveira
Data:23/12/2009 – 15:27


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 27/12/2009 – 16:31
Resposta: Prezado Alexandre A hipertensão arterial ou pressão alta é caracterizada pela elevação persistente da pressão arterial acima de valores considerados normais, ou seja, quando a pressão medida várias vezes em consultório médico é igual ou maior a 14 por 9 (140 por 90 mm Hg). Ocorre quando o coração bombeia o sangue e os vasos estão estreitados, fazendo com que a pressão dentro dos vasos aumente. Portanto o nível relatado por você de 160/120 mm Hg ou “16/12” está bem acima dos valores consideradoas normais. Sugerimos que faça uma consulta médica e caso se confirme a hipertensão arterial, inicie o tratamento. Atenciosamente, Katia Coelho ortega e Giovanio Vieira da Silva. Supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.

P-1222

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:sou professora de educacao fisica e vou trabalhar com hidroginastica portanto, fiu questionada se há o risco de choque termico em hipertensos ao entrar na agua, sabe-se que há uma elevação e logo uma normalizacao da pa, mas a pessoa insiste em afirmar que ocorre o choque, como me explicaria essa questao e ainda quais sao os cuidados que devo ter com hipertensos em aulas de hidro? obrigada. ligiamn@hotmail.com
Autor:ligia monteiro
Data:23/12/2009 – 19:38


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 27/12/2009 – 17:17
Resposta: Prezada Ligia A temperatura: influencia em algumas alterações cardiorespiratórias, quanto maior a temperatura maior a FC para qualquer aumento de O2. O ideal é 27 a 29 graus. A Hidroginástica, assim como as outras formas de atividade física, é recomendável para hipertensos. A água proporciona resistência doze vezes maior do que a do ar, com isso, movimentos simples podem trazer fortalecimento da musculatura, além disso na água diminui o impacto nas articulações, dependendo da profundidade, o impacto pode ser zero. Devido a este efeito amortecedor da água, a hidroginástica é particularmente indicada para pessoas com excesso de peso, problemas de equilíbrio ou com artrite reumatóide. Hoje há muitos tipos diferentes de ginástica na água, desde exercícios leves até atividades com grande demanda aeróbia. Antes de começar a se exercitar, é importante que o paciente procure orientações médica. A pressão deve estar abaixo de 180×110, para realização de qualquer tipo de exercício físico. Atenciosamente, Katia Coelho Ortega e Giovanio Vieira da Silva supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.

P-1221

By | Respondidas | No Comments

Pergunta:Tomo atenolol 50mg,com que frequencia posso beber cerveja.
Autor:Alexandre Lopes
Data:26/12/2009 – 12:11


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 27/12/2009 – 17:19
Resposta: Prezado Alexandre Não há maiores problemas em consumir bebida alcoólica mesmo sob tratamento anti-hipertensivo, desde que o consumo seja feito de forma moderada. A Sociedade Brasileira de Hipertensão recomenda beber não mais do que 02 latas de cerveja por dia. Atenciosamente, Katia Coelho Ortega e Giovanio Vieira da Silva. Supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.